Praia do Forte

1
360

Paraíso como poucos, Praia do Forte é um lugar que sempre deixa saudades e um gostinho de quero mais. Imperdível.

Praia do ForteA Praia do Forte, localizada no município de Mata de São João na Bahia, é um dos locais mais procurados pelos turistas no Brasil por causa das belezas naturais de tirar o fôlego e pela alta qualidade nas opções de hospedagem na região.

Além dos maravilhosos hotéis Eco Resort Tivoli e dos dois Resorts da rede espanhola Iberostar, o Bahia e o Praia do Forte, bem próximos ficam o famoso complexo hoteleiro Costa do Sauípe e Grand Palladium, mais ao Norte, e o Vila Galé Marés Guarajuba, mais ao Sul. Sem falar nas diversas pousadas charmosíssimas e bem acolhedoras.

Situada a aproximadamente 80 quilômetros da Salvador, o deslocamento até a Praia do Forte pode ser realizado com tranquilidade pela Estrada do Coco, que começa na capital nas proximidades do Aeroporto Internacional e chega até a divisa com Sergipe. Nesta parte, a estrada recebe o nome de Linha Verde.

A economia da região é inteiramente baseada no turismo. Em função disto, a estrutura para os visitantes conta com restaurantes, bares, pousadas e hotéis. Porém, o destaque do lugar fica por conta da vila dos pescadores com lojas de artesanatos, joalherias, quiosque e uma atmosfera única.

A pequena vila é composta por nativos, que ganham a vida com a pesca, o artesanato ou apostam em empreendimentos voltados a área de turismo e hotelaria. Nos finais de semana, músicos locais animam ainda mais as noites dos visitantes que se deliciam com os pratos, quitutes e delicias típicas da região, além de todo o acervo da culinária internacional em restaurantes bem aconchegantes e com atendimento único.

Características naturais da Praia do Forte

Vila dos pescadoresA Praia do Forte conta com doze quilômetros de orla com inúmeros recifes, que proporcionam incríveis passeios de barcos e mergulhos para admirar as belezas do mundo subaquático.

A vegetação regional é formada, sobretudo por coqueiros, o que deu origem ao nome da Costa: a Costa dos Coqueiros. Outra característica bastante comemorada pelos visitantes é a incidência de sol durante quase todo o ano.

A luz natural é reduzida apenas nos meses de maio e julho por causa da chegada da estação das chuvas. Isso acaba por impactar e fazer com que a quantidade as excursões varie significativamente neste período.

Ecoturismo

Salto da baleia Jubarte nas águas da Praia do ForteDe fato, a Praia do Forte é um dos destinos favoritos no litoral norte baiano. Milhares de pessoas optam por conhecer o local por causa do excepcional trabalho exercido pelo Projeto Tamar (Programa Brasileiro de Conservação das Tartarugas Marinhas).

Com a sede nacional fixada no local, a entidade tem como proposta a defesa, estudo e monitoramento das tartarugas marinhas, que podem alcançar o tamanho de até três metros de comprimentos e depositam os seus ovos nas areias da orla baiana.

É importante ressaltar que o Projeto Tamar foi criado ainda na década de 1970 com o intuito de garantir a proteção das tartarugas-marinhas que correm risco de extinção no litoral brasileiro. Boa parte dos esforços da organização ambiental conta com o apoio da comunidade.

A Praia do Forte também abriga o Instituto Baleia Jubarte, um dos polos da iniciativa que possui centros de pesquisa, conservação ambiental e outras ações destinadas à defesa da espécie em todo Brasil.

Inaugurada em 2006, a área de 3500 metros quadrados oferece atividades educativas e também serve de ponto de partida para passeios de observação de baleias entre os meses de julho e outubro. Esses cruzeiros turísticos tem a missão de incentivar o turista a passar por uma experiência única, memorável e que não afete a vida marinha.

Por fim, a localidade ainda tem a Reserva Sapiranga, que é um espaço preservado de Mata Atlântica. Esse ambiente possui animais silvestres, pássaros, manguezais, lagoas, dunas e ainda trilhas ecológicas com cenários extraordinários.

Turismo cultural

Ruinas do Castelo Garcia D'ÁvilaO Castelo Garcia D’Ávila foi o único castelo medieval erguido em todo território nacional, sendo tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) ainda em 1937. Por isso, se transformou em um dos principais pontos turísticos da região.

As ruínas da construção, que ficam somente a três quilômetros da Vila, chamam a atenção dos turistas. O fim da tarde é o horário que mais atrai a visitação pela oportunidade de contemplar a um espetacular pôr-do-sol.

Além disso, os visitantes também gostam de admirar a Capela de Nossa Senhora da Conceição, que fica ao lado do Castelo Garcia D’Ávila. A capela foi totalmente restaurada e agora faz parte das atrações imperdíveis da Praia do Forte.

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here