Transtorno de Ansiedade

0
382

Saiba como lidar com o Transtorno de Ansiedade

Transtorno de AnsiedadeO Transtorno de Ansiedade está presente em nossa vida mais do que podemos imaginar. Às vezes, são simples atitudes que você pratica e, talvez, nem perceba. Estar ansioso não significa estar nervoso. Ansiedade vai além do que aparentamos estar sentindo.

Sabe aquele aperto no peito, aquela angústia e aquele sentimento que costumamos classificar para os amigos como “eu não sei o que estou sentindo”? Pois é, você pode estar sofrendo de transtorno de ansiedade.

Aqueles dias em que você não consegue dormir direito podem significar que você está com transtorno de ansiedade. Tem vezes que o passar do tempo não flui da forma que você gostaria. Os segundos parecem minutos, os minutos parecem horas e as horas parecem dias.

Geralmente, a sensação ocorre quando você está esperando muito por algo que vai acontecer. Uma viagem, um reencontro ou o início de uma nova atividade. O tempo parece não passar e sua angústia só aumenta.

Às vezes, o transtorno de ansiedade pode ser tão intenso que ele acaba trazendo outros problemas para sua vida. Muitas vezes, seu corpo e sua mente começam a sofrer junto com seu coração. Há quem pare de comer o suficiente, há quem exagere nos doces ou quem se agarre em algum vício.

Neste momento, a pessoa que sofre já acaba, sem perceber, piorando sua situação. Uma coisa leva a outra e o sofrimento pode aumentar.

Mas o que exatamente eu sinto quando sofro de transtorno de ansiedade?

 

Desânimo e tristeza acomete quem tem transtorno de ansiedade

Problemas de sono: Quem sofre com ansiedade tem problemas para dormir. A dificuldade em pegar no sono e relaxar aumenta e sempre há mil coisas para pensar e refletir. Geralmente, as noites destas pessoas são mais complicadas, não conseguindo relaxar. Há ainda quem se mexa muito na cama ou fique levantando para ir ao banheiro ou beliscar algo na cozinha.

Preocupação em excesso: Quem sofre de transtorno de ansiedade, quase sempre, possui centenas de coisas para resolver, para planejar e administrar. Às vezes, são apenas paranoias que se tornam problemas gigantes aos olhos de quem é ansioso. Quem sofre disso, não sabe relaxar e carrega muita negatividade ou nervosismo em seu coração.

Tensão muscular: As dores psicológicas começam a se tornar dores físicas. Não conseguir relaxar e nem respirar direito, faz com que o seu corpo seja influenciado. Começam a surgir dores e a tensão nos músculos revela o quanto sua mente tem o poder de te prejudicar, caso você não exerça o autocontrole para pensamentos positivos e estimulantes.

• Dificuldade na digestão: Assim como o transtorno de ansiedade pode gerar dores em seu corpo, ele também pode te deixar com o estômago fraco. Problemas na digestão, falta ou exagero no apetite e sensação de inchaço são comuns em quem sofre com o problema. Por isso, respire fundo e cuide de sua alimentação.

O tempo parece passar em outra velocidade

• Medos sem sentido: Um dos problemas mais complicado ao ter transtorno de ansiedade é começar a se sentir insegura em vários locais. Pensamentos intensos e, muitas vezes, criativos, fazem a pessoa acreditar que está passando por uma situação de risco ou de instabilidade emocional.

• Perfeccionismo: Ser organizado e correto é ótimo. Porém, passar dos limites pode ser sintoma de transtorno de ansiedade. Se incomodar com um pedacinho de papel que caiu no chão, nunca achar que suas roupas estão dobradas do jeito certo e deixar de fazer algo para ficar em casa organizando tudo pode ser um sinal de que você está deixando o problema tomar conta de sua vida.

Se identificou? Se você acredita que os sintomas fazem sentido em sua vida, saiba que você não está sozinha. De acordo com uma pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS), 264 milhões de pessoas no mundo sofrem com transtorno de ansiedade. Mais de 9% da população brasileira é atingida pelo problema. Ou seja, você não está sozinho. Mas, todos juntos, podemos vencer essa angústia e começar a sorrir mais e se preocupar menos. Afinal, a vida é uma só!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here