Agência de Empregos

0
308

Com a atual dificuldade para se conseguir um trabalho, uma Agência de Empregos pode ser uma excelente alternativa.

Agência de EmpregosA Agência de Empregos, na atual conjuntura da economia do país, com taxas recordes de desemprego, é a melhor alternativa para conseguir uma colocação no mercado de trabalho. Podemos classificar estes estabelecimentos como público e privado. Normalmente o público é uma iniciativa do município, do estado e do governo federal e naturalmente não é cobrado nada por isso. A outra modalidade, a privada, pode ser gratuita ou mediante cobrança de taxas fixas ou variáveis.

Sem dúvida essa é uma das maneiras mais eficazes para conseguir uma colocação nesse tão disputado mercado de trabalho, haja vista a alta taxa de desemprego. Mas requer planejamento, organização, comprometimento e sobretudo paciência para está sempre atento às oportunidades. Afinal a concorrência é tão grande que a diferença pode estar no detalhe.

Aptas para conduzir as demandas dos desempregados, a agência de emprego normalmente oferece infraestrutura apropriada, facilitando o processo de recolocação ou mesmo o primeiro emprego.

O principal passo é pesquisar na internet qual a agência de empregos que existe em sua cidade ou na cidade mais próxima no caso de não existir nenhuma na sua.

Como funciona uma Agência de Empregos?

O ministério do trabalho oferece serviço de empregoAgência de Empregos Pública: existem iniciativas em nível municipal, estadual e federal para fomentarem o emprego no país. O candidato tem dois canais para acesso à agência, o presencial, através de estruturas físicas ou através da internet, mediante consulta nos respectivos sites. No caso da inciativa municipal podemos mencionar o exemplo de Salvador que oferece o denominado SIMM – Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-obra, onde a prefeitura oferece vários locais na cidade para acesso presencial e acesso através do site www.simm.salvador.ba.gov.br, onde poderá ser feito o cadastro e consultar previamente as vagas disponíveis.

No âmbito estadual, também as secretarias estaduais oferecem estruturas físicas para atendimento presencial, ainda que em menor escala, bem como um site para o processo de cadastro e consultas de vagas, a exemplo do estado de São Paulo que oferece o site www.emprego.sp.gov.br, para este fim.

Agência de Empregos Privada: geralmente a agência de empregos privada, ao contrário da pública, cobra um determinado valor para alocar um candidato no mercado de trabalho, através de taxa única(fixa) ou através da chamada “Taxa de êxito”, que pode ser variável ou não, em função da remuneração oferecida à vaga disponibilizada.

Normalmente as agências privadas trabalham com processo de seleção incluso, demandado pelo empregador para evitar uma inadequação da vaga oferecida versus a qualificação do contratado.

Existe também agência de empregos que, apesar de ser privada, não cobra nenhum valor para conseguir uma vaga de emprego, muitas vezes bancadas por entidades de classe ou sindicatos das mais diversas categorias.

No âmbito federal é disponibilizado o portal de acesso do Ministério do Trabalho e Previdência Social, cujo acesso pode ser realizado no endereço www.maisemprego.mte.gov.br.

O que vem depois?

Veja se sua documentação está em diaDepois dos encaminhamentos de serviços o empregador poderá receber uma carta que deve ser levada a empresa para participar de um processo de seleção. Não meça esforços para fazer o seu melhor quando for participar do processo seletivo. Procure auxílio para elaborar um currículo de maneira profissional e sobretudo que só tenha informações verídicas, corte o cabelo e as unhas, use roupas limpas, de preferência a melhor que tiver.  Verifique se seus documentos de identificação estão apresentáveis e atualizados. Ou seja, essa oportunidade, nos dias atuais tem sido cada vez mais rara, portanto considere como se fosse a última.

Os documentos levados em conta são: carteira de trabalho, identidade, comprovante de residência e telefones de referências de empregos anteriores.

A agência de empregos é confiável?

Os municípios e os estados oferecem serviço de recolocaçãoNo caso da agência de empregos pública não há necessidade de preocupação, porque estará respaldada por um órgão oficial em uma das três esferas de poder.

No entanto, no caso das privadas, todo cuidado é pouco, especialmente aquelas que prometem remunerações elevadas, em relação ao mercado, mediante pagamentos de taxas, alegando sigilo no processo seletivo a pedido do empregador.

Se as coisas não parecerem muito sérias, antes de pagar qualquer valor, consulte na internet os órgãos de defesa do consumidor para saber se não há reclamações daquela empresa, entre outras informações, como o tempo de existência da mesma.

Nessa hora todo cuidado é pouco, pois se já não bastasse a condição de desempregado, ainda ter perder seu rico dinheiro com golpistas.  O ideal mesmo seria associar eventuais desembolsos ao êxito da colocação, mas nem sempre pode ser assim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here